segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Trovadorismo

Trata-se de um dos textos mais antigos da lingua portuguesa,escrito por Martim Codax no Sec. XIII.
Criadas por trovadores composições poéticas simples,que falam de sentimentos como amor e saudade, são chamadas cantigas ou trovas.  Trovadorismo*
Cantiga Lírica: Expressa-se nessa cantiga  um eu-lírico masculino, que se declara a mulher amada.
Cantiga de amigo: passa-se em um ambiente popular, muitas vezes campestre,retratando situações da vida do povo.O eu-lírico feminino,como o trovador assumindo voz de uma mulher, geralmente refere-se a um amigo ou uma pessoa amada.
Cantiga Satírica:Subdividem-se em cantigas de escárnio e de maldizer.
  •  Cantiga de escárnio: preocupa-se com problemas sociais, centrlizando a sátira nos indivíduos,por motivos os mais variados. Insinuando fatos.
  • Cantiga de Maldizer: Emprega palavras em duplo sentidos, chegando a utilizar vocabularios francamente obsceno. A corrupção e o adultério são assuntos presentes em grandes números dessas cantigas.
No mundo ninguém se assemelha a mim
enquanto a vida continuar como vai,
porque morro por vós, e ai!
minha senhora alva de pele rosadas,
quereis que vos retrate
quando eu vos vi sem manto.
Maldito dia que me levantei
E não vos vi feia


E minha senhora, desde aquele dia, ai!
tudo me foi muito mal
e vós, filha de Don Paio
Moniz, e bem vos parece
de ter eu por vós guarvaia
pois eu, minha senhora, como presente
Nunca de vós recebera algo
Mesmo que de ínfimo valor.

  Cantiga da Ribeirinha, ou Cantiga de Guarvaia, é o primeiro texto literário em língua galaico-portuguesa de que se tem registro.


Um comentário:

  1. O conteúdo é bom, entretanto, poderia ter explorado mais o assunto.

    ResponderExcluir